A "solução final" e outros métodos para fazer seu bebê dormir

Lagarta Pintada 3 10:58

Chegamos de viagem ontem de volta à Bolívia. Depois de quase 24 horas viajando, duas conexões, é claro que estávamos todos exaustos.  Sissi dormiu pessimamente e, claro, nós também. Para começar, tivemos que recorrer ao velho truque das voltinhas de carro no quarteirão para que ela pegasse no sono. Aqui em casa, este expediente foi batizado com o simpático codinome de "solução final". Por dois motivos: 1) só  recorremos a ele nos casos mais extremos de relutância contra o sono e
2) procuramos usar um nome que não associasse a idéia de carro à de sono, com medo de que nossa estratégia fosse rapidamente descoberta e nos tornássemos escravos da bendita "solução final"...

Se você acredita que já tentou tudo para fazer seu bebê dormir...


Em média, aqui em casa, aplicamos a solução final umas três vezes por mês. Acho até que não está mal. Mas ontem, depois da solução final, ainda assim a noite foi difícil. Me fez lembrar do primeiro trimestre e das incontáveis noites em que eu olhava para a minha cama da mesma forma que Audrey Hepburn cobiça vitrines de jóias em Breakfast at Tiffany's...

Revisei mentalmente todas as técnicas de induzir Sissi ao sono que eu usei nos últimos 18 meses. Mais seis meses e eu poderia completar um mestrado em Técnicas de Sono para Bebês! Mas como não vou ganhar nenhum título nem prêmio por fazer o que se espera que toda mãe faça com naturalidade, decidi compartilhar minhas experiências, num esforço de compaixão e de alento para todas as mães e pais que passaram ou estão passando por esta fase surreal de suas existências.

Vou começar pela mais bizarra e que sempre arranca risadas quando eu conto para os meus amigos.
Tudo começou com o livro The happiest baby on the block (O bebê mais feliz do pedaço, na edição brasileira), espécie de best seller obrigatório para mamães norte-americanas nos últimos anos. (Sissi nasceu enquanto morávamos nos EUA.) O autor, Dr. Harvey Karp, tem algumas ideias interessantes e pouco convencionais sobre como cuidar de bebês nos três primeiros meses de vida. Resumindo muito resumido, a teoria dele se baseia na concepção de que o primeiro trimestre fora do útero materno na verdade deveria ser um quarto trimestre de gestação. Com base nessa ideia, ele propõe uma receita baseada nos Cinco Ss, que não cabe descrever em detalhes aqui, mas que apenas cito porque foi de onde surgiu minha técnica kami-kaze. É que, dentro do esforço de reproduzir o ambiente do útero materno para acalmar o bebê, Dr. Karp defende que se crie um ambiente barulhento de ruídos repetitivos, altos e monótonos (white noise). Ele aconselha especificamente que o barulho mais apropriado é algo que se assemelha ao som de um aparelho de TV fora do canal (tipo como as TV antigas ficavam a partir das 3h da madrugada, naquele esquema de "batalha das formiguinhas"...). Bem, aparentemente, nossos úteros são, na opinião do pediatra norte-americano, lugares quentes, escuros e com um barulho insuportável - vai entender...

Enfim, li o livro com certa incredulidade. Um dos paradoxos da maternidade é esse: você precisaria ter uns dez filhos para conseguir experimentar toda a gama de conselhos que recebe no primeiro ano de vida do seu bebê!

Mas, eis que a necessidade se apresenta - e a necessidade é a mãe das invenções, se não das invencionices... Sissi tinha uns cinco meses e o marido estava viajando. Eu sozinha em casa, quase enloquecendo, pois não dormia havia uns três dias. E resolvi dar uma chance ao Dr. Karp. Entrei no YouTube, e uma busca rápida me levou ao seguinte vídeo:


Um secador de cabelo... difícil de acreditar, mas funciona! Perdi a conta de quantas vezes usamos o secador de cabelo, com sucesso, para fazer Sissi pegar no sono. É uma mágica! Houve uma época em que meu lugar preferido para fazê-la dormir era o banheiro, pois já deixava o secador a postos. (Só aconselho que, se você for tentar o mesmo, tenha muito cuidado para evitar que o secador entre em contato direto com água, pois há risco de choque elétrico.)

E aparentemente eu não sou a única doida, porque a pesquisa com as palavras hair dryer baby sleep apresenta mais de seis mil resultados no YouTube!





Related Posts

livros 7964996052871901170

3 comments

Muito bom o seu blog! Estou grávida e já me indicaram essa matéria do Fantástico que explica essa técnica: http://www.youtube.com/watch?v=OPWFXJAZofM
Beijos
Dani.

Eu também já levei o Gustavo em muitos passeios de carro pelo condomínio. Secador nunca usei não, mas é uma boa ideia mesmo. :-)

Oi Dani, que bom que você gostou! A idéia é tentar sempre incluir informações que de alguma maneira possam ser úteis a pais e mães, mesmo que muitas vezes eu coloque as coisas num tom bem pessoal... Em breve quero fazer uma resenha do livro "O bebê mais feliz do pedaço" aqui no blog. Eu li o livro assim que minha filhinha nasceu. Acho bem interessante para ter ideia da "técnica" do secador, que na verdade você pode fazer de outras formas também. Sei que há um video com o mesmo título do livro, que dá todas as dicas. Talvez possa ser interessante para você. Tudo de bom na sua gravidez e volte sempre!

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.

Olhando no espelho

Mãe lagarta em metamorfose permanente... com família a reboque mundo afora.

Brasil, Estados Unidos, Bolívia e Emirados. Água, terra, fogo e ar.

Porque sem sair do casulo, ninguém descobre a verdadeira identidade.

Receba por email

eu apoio