Quarto de criança em estilo montessoriano

Lagarta Pintada 2 23:21
Já descrevi em um post anterior como eu me enamorei pelo método Montessori, especialmente para a formação nos primeiros anos, quando é tão importante estimular a independência e o gosto por aprender.

Crédito: Mommy and Me Montessori

O método recomenda criar um ambiente preparado para que as crianças se envolvam ativamente na aprendizagem e exercitem liberdade de escolha, cultivando a independência desde cedo. O ambiente, estruturado com materiais simples e sóbrios, convida a criança à exploração. Os acessórios devem ter tamanho apropriado, para permitir seu uso de forma independente e sem frustração. Adaptar o espaço das crianças pode parecer trivial -- mas não é. 



A perspectiva da criança

Para poder criar um ambiente desse tipo, antes de mais nada, é preciso avaliar o espaço com o mesmo ponto de vista dos pequenos. Compare as duas fotos:

Crédito: Pottery Barn Kids

Crédito: How We Montessori


Se você tivesse mais ou menos um metro de altura, qual dos dois ambientes lhe pareceria mais convidativo e apropriado? Em qual deles você teria a sensação de que aquele espaço foi feito para você? 

A primeira foto é de um quarto de bebê decorado dentro dos padrões a que estamos acostumados. É linda, com móveis e acessórios de primeira linha. Mas repare como a decoração é toda feita considerando prioritariamente o adulto: a altura dos quadros pendurados, do espelho, dos móveis. Já o segundo ambiente foi projetado segundo a filosofia Montessori. Os móveis são de tamanho adequado para uma criança pequena, a decoração nas paredes é mais baixa e até a cama veio para o chão, como forma de prevenir acidentes e permitir a independência do pequeno usuário.

O ambiente preparado não só permite à criança desenvolver sua capacidade de aprendizagem e exploração, mas também reforça nela o sentimento de que ela é importante. Que suas necessidades e habilidades são levadas em conta no ambiente doméstico. Mostrar que ela pode ser competente e bem-sucedida dentro de casa é o primeiro passo para repetir o sucesso fora dela. 


O design do quarto montessoriano


Harmonia e organização, sem excesso em nenhum ambiente, são os princípios básicos do design montessoriano. Cada objeto tem o seu lugar e a criança é estimulada desde cedo a guardar cada um dos seus pertences sozinha. O site da Fundação Montessori enumera os aspectos importantes na preparação de um ambiente montessoriano, que eu resumi e adaptei: 

• Se possível, a cama deve ficar junto ao piso para facilitar as subidas e descidas. Um colchão encapado ou um futon estilo japonês são boas pedidas.
• Instale um cabide de parede em uma altura confortável para a criança aprender a pendurar as próprias roupas.  
• Os acessórios devem ser dispostos em uma altura compatível com a criança:

  1. Decore as paredes com imagens de crianças ou animais.
  2. Coloque um relógio de parede analógicom com ponteiros e números bem visíveis.
  3. Se o pequeno já vai à escola, prenda um quadro de avisos, para que ele possa exibir seus trabalhos e desenhos.
  4. Separe um espaço para abrigar coleção de "história natural" - objetos interessantes que seu filho encontrar (e recolher) durante passeios e viagens: conchas, pedras, sementes. Um vaso para flores naturais também é uma boa pedida.
  5. Um espelho retangular, preso à parede para a criança se observar é muito importante. Se o bebê ainda não anda, fixe-o acima do roda-pé. O interesse dele pela própria imagem ajudará no desenvolvimento da coordenação motora. 
    Crédito: How We Montessori
  6. Música não pode faltar. Providencie um aparelho de som simples e uma coleção de CDs ou de músicas, se você usar um equipamento digital para ir, aos poucos construindo em parceria um repertório musical.
  7. Por último, você pode ressaltar a criatividade no ambiente criando um espaço com miniaturas de casinhas e carros, formando uma pequena maquete de cidade para as brincadeiras mais variadas. Vale tanto uma solução pronta, como os conjuntos de cidade em madeira da PlanToys (à esquerda), ou optar por uma solução feita em casa, mais barata e criativa!







Nem sempre é viável transformar completamente o quarto. Pode ser o seu estilo de vida, pode ser a casa/apê onde você mora...

Crédito: How We Montessori


Na nossa casa, por exemplo, não tem como colocar a cama no chão. O quarto da Sissi é longe do nosso, separado por um monte de escadas. O importante é pensar em como remodelar o espaço para torná-lo um ambiente acolhedor e com estímulos à independência do seu filho. No próximo post vou mostrar duas soluções simples que adotei. Até!


Related Posts

Montessori 7120157508676888305

2 comments

Adorei o seu post. Nem sabia que existia quarto montessoriano! Mas quando meus babies nasceram há quase 22 anos "baixou" a pesquisadora, e eu li tudo que podia de Brazelton, Montessori, e Steiner. A minha sala era o nosso playroom e meu escritório onde, naquele tempo tinha um Power Mac e internet discada.rsrsrs
Instintivamente fizemos o que seu post diz menos o espelho. Mas tínhamos uma mesa baixa de madeira para desenhar,com cadeirinhas mexicanas coloridas, um cavalete da IKEA para pinturas, e muito espaço livre para brincar e dançar. Como eu amava aquela sala. As visitas eu recebia na cozinha mesmo!
Vou pesquisar mais o site Montessori.
Obrigada
Bjs
Usha

Olá Usha! Seu comentário é a prova de que educar bem os filhos está no instinto das mães. É que muitas mães não confiam no próprio "taco"! Montessori, no fundo, é isso: ter o bom senso de observar e organizar a vida dos filhos partindo do ponto de vista deles próprios... Parabéns! Abraço grande, Dani

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.

Olhando no espelho

Mãe lagarta em metamorfose permanente... com família a reboque mundo afora.

Brasil, Estados Unidos, Bolívia e Emirados. Água, terra, fogo e ar.

Porque sem sair do casulo, ninguém descobre a verdadeira identidade.

Receba por email

eu apoio