Socorro! Meu filho não sabe o Hino Nacional!!

Lagarta Pintada Reply 02:29

Vida de expatriada não é fácil. Não me canso de repetir porque sei que ninguém acredita. Tudo muito lindo morar no exterior... Mas, vá criar seus filhos longe de casa, da família e -- principalmente e sobretudo, longe da língua e cultura brasileiras!

Estamos fora do Brasil desde 2009. LL, quando partiu conosco, já tinha concluído a quinta série. Na minha época, nessa idade eu já estava "careca" de saber de trás para frente, não só o Hino Nacional, mas o Hino da Bandeira (meu favorito) e o da Independência. Quem é que não cantou: "Japonês tem quatro filhos..."?

Eu não sei se foi a Copa das Confederações ou o quê, mas dia desses me deu o estalo:

-- Filho, você sabe cantar o Hino Nacional?

O olhar de paisagem me confirmou a resposta. Engoli a indignação e resolvi adotar uma postura pragmática: "Ok, não sabe, estou vendo. Pois vai já aprender."

E estamos treinando faz alguns dias. Comecei só com a letra, a cappella. Depois, baixei a versão instrumental completa no iTunes (a de duas partes: "Brasil, de amor intenso" e "Brasil, de amor eterno" -- o trecho fatídico que 99,5% dos brasileiros erram...) E ele já está sabendo cantar quase tudo sem olhar o papel.

Eu posso estar muito errada, mas desconfio que a ignorância do meu filho, embora agravada pelo fato de estarmos fora do Brasil, não seria muito diferente tivéssemos nós ficado na terrinha. Sei que existe uma lei de 2009 que determina a execução semanal do Hino em todas as escolas do Brasil. Me pergunto se essa lei "pegou". Adoraria imaginar as criancinhas de hoje, formadas em fila, assistindo ao hasteamento da Bandeira, cantando o hino uma vez por semana... E que honra era ser chamada para hastear!

Talvez pareça uma preocupação supérflua no meio de tanta carência na educação brasileira... mas eu sentia orgulho de saber os três hinos, até competia com as minhas coleguinhas na hora do recreio para ver quem sabia cantar todos... Até mesmo as brincadeiras que a gente fazia deturpando as letras, de alguma maneira, demonstravam que o Hino era algo importante, que impunha respeito, o que tornava o ato de fazer piada com a letra uma grande rebeldia.

Nesta semana, LL começou a treinar com o Hino da Bandeira. Semana que vem, entoaremos o "japonês tem quatro filhos". Ele está se divertindo de cantar comigo e, embora não confesse, orgulhoso de poder cantar o Hino -- lindo -- do nosso País.






Related Posts

expats 615645152886564532

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.

Olhando no espelho

Mãe lagarta em metamorfose permanente... com família a reboque mundo afora.

Brasil, Estados Unidos, Bolívia e Emirados. Água, terra, fogo e ar.

Porque sem sair do casulo, ninguém descobre a verdadeira identidade.

Receba por email

eu apoio