Apresentação

Lagarta Pintada Reply 14:46

"Lagarta pintada, quem foi que te pintou, 
foi uma velhinha que por aqui passou…"

A melodia dessa música infantil não conseguia sair da minha cabeça alguns dias atrás. Estava procurando algum nome para dar ao blog sobre a vivência entre pais e filhos, sobre ajudar pais cada vez menos sem tempo - como eu - a desfrutar de forma criativa e proveitosa da experiência da maternidade, ou paternidade.

Queria algo que evocasse infância de forma criativa, então pensei, por que não uma brincadeira infantil, daquelas que a gente brincava na rua, longe da TV, sem a mãe ter medo de assalto, sequestro e todas as monstruosidades que a notícia em tempo real traz aos nossos olhos? (Prometo que não vou entrar, pelo menos agora, em digressões saudosistas, deixarei isso para um post mais adiante…) Mas todas as idéias que me ocorriam ou eram de nomes meio "batidos" - adoletá, por exemplo - ou ambíguos, que não se prestariam a um diário online. Você ficaria fã de um blog chamado "Mamãe na Rua" ou "Chicotinho Queimado"? Pois é, eu também não...


O Marido então apareceu com a "Lagarta Pintada". E eu, que me gabo muito da ótima memória que guardo da minha infância (lembro de coisas que me aconteceram aos três anos de idade) em contraste com ele, que nunca se recorda de absolutamente nada, tive que me recolher à minha ignorância e aceitar que nunca tinha ouvido a tal musiquinha. Não sei se no Rio de Janeiro é que não era popular (sou carioca), mas no Ceará - e em outros estados, o que uma rápida pesquisa no Google me ensinou - é super conhecida! 

Fiquei, assim, enamorada da lagartinha pintada, me imaginando como há tempos, numa roda cheia de crianças, com uma saudade à la Renato Russo das brincadeiras que eu não brinquei… 

...

Com dois filhos em polos etários opostos - um com 17 e outra com só 18 meses - eu me pego muito tempo pensando como fazer para que eles cheguem à minha idade e sintam essa mesma saudade boa, de um começo de vida sem controle remoto, videogame ou Youtube, da curiosidade satisfeita nas páginas da Enciclopédia Conhecer (ou da Barsa, mas minha mãe não tinha todos os volumes!), de férias escolares lendo livros da Ediouro que chegavam pelo correio...

Esse blog nasce assim, de uma saudade de mãe que quer o melhor para os seus filhos, e que muitas vezes, quando tem tempo, se pega sem saber direito o que fazer nem por onde começar. Acredito que, como eu, você que é pai ou mãe ou ambos, também tem na sua cabeça que a melhor herança é a educação. A Lagarta Pintada é um convite à inspiração e à reflexão sobre a convivência entre pais e filhos. Seja bem-vindo! 

Related Posts

intro 7418895825900046612

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.

Olhando no espelho

Mãe lagarta em metamorfose permanente... com família a reboque mundo afora.

Brasil, Estados Unidos, Bolívia e Emirados. Água, terra, fogo e ar.

Porque sem sair do casulo, ninguém descobre a verdadeira identidade.

Receba por email

eu apoio